13 de jan de 2009

Invisível



Para que me vejas

Realço cabelos e unhas em vermelho

Orno-me com brincos de cigana

Visto-me de cores exuberantes

E comporto-me como aqueles que sabem, foram e viram


Ainda assim, tu não me vês

Nunca fui assunto teu

Talvez um mau assunto de outros, talvez...


A dor de ser invisível

Faz desde sempre companhia à dor de ser sozinha.


Por vezes não basta ser absoluta, brilhando no céu, ainda que cheia


Pois sempre chega o dia em que a Lua é Nova, e só lhe resta sonhar com Eclipses.


-Fabiane Ponte-

33 comentários:

Gleidston dias disse...

Me identifico com essa escrita,esse grito em forma de profundas palavras de quem sabe o que dizer,me diz muito, um maravilhoso poema,parabens.

Obrigado por lá passar.Volto!

bjsss

tossan disse...

Bela poesia! Eu também, se eu pôr metade de melância sem o vermelho na cabeça ela não vai notar. Bj

Anderson Meireles disse...

Seja cheia, seja nova, há sempre uma vantagem... amanhã ela será ainda...sempre!
Um abraço!

O Profeta disse...

Brotam e correm para o Mar
Os sonhos da tua alma de gaivota
Têm a nudez das águas de uma baía
Neste coração de dor encoberta

Rosa breve em aurora de Abril
Festa da luz no azul do mundo
Semeias sonhos como estrelas no espaço
Guardas apenas um no teu mais profundo



Boa semana


Mágico beijo

O Profeta disse...

Brotam e correm para o Mar
Os sonhos da tua alma de gaivota
Têm a nudez das águas de uma baía
Neste coração de dor encoberta

Rosa breve em aurora de Abril
Festa da luz no azul do mundo
Semeias sonhos como estrelas no espaço
Guardas apenas um no teu mais profundo



Boa semana


Mágico beijo

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Profundo o seu poema, Ana Lua, porém triste. Mas isso passa. Quanto tempo, menina. Promete que não vai sumir mais? Que quando eu te chamar para os meus posts, vc vem?
Olha, esse filme acaboud e ser lançado em DVd no Brasil, então eu penso que vc o encontrará nas locadoras. Se não o encontrar, eu gravo para vc e te mando.
Vou te mandar um e-mail já em desuso, mas que olho todo dia:
michelinebouvier@yahoo.com
EStou acostumada a gravar DVDs para os amigos, mas só para os amigos.
beijos,
Renata

renata disse...

muito linda.. =)
bjs.

Janaina disse...

Só posso dizer que valeu a pena esperar sua volta.
Um beijo, querida.
Adorei o texto.

Clarissa Barth disse...

Ah, acho que todas nós já sentimos esta dor... parece que quanto mais exuberante, mais invisível. Ou seria o contrário?
Gostei de encontrar nova postagem por aqui. Beijo!

paradoXos disse...

mais uma releitura!
beijos em ti

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Ana Lua:
Vc já pensou em se arrumar para vc mesma? Para se sentir bonita? E depois sair, ir tomar um sorvete? isso faz um bem danado quando a nossa auto-estima está lá embaixo. E, além do mais, pode pintar alguém...
Vc achou o Elvira madigan? Já disse que lhe gravo.
Querida:
Postei no Galeria. É uma postagem que me dá orgulho. Gostaria que vc fosse apreciá-la e que deixasse a sua opinião. Mas é no Galeria, se vc quiser ir aos outros Blogs, vá depois.
Um abraço,
Renata

. fina flor . disse...

quem não te vê não te merece, flor.

gostei da imagem!

beijos e boa semana

MM.

Oliver Pickwick disse...

O chavão de O Pequeno Príncipe jamais perde a validade: "o essencial, às vezes, é invisível aos olhos".
Somente corações privilegiados sonham com eclipses.
Estou de volta ao mundo de Matrix.
Um beijo!

Miguel Barroso disse...

Boa escrita.


Abraços d´ASSIMETRIA DO PERFEITO

Gabriel disse...

Pensando um pouco sobre isso, percebo que a maioria das vezes em que fui reparado foi exatamente quando não me importei em provocar isso.

Talvez não saibamos caçar, o que não significa que devamos ser a caça. Acho que é mais uma questão de encontro do que uma possibilidade de busca.

Alexandre Gil disse...

Quem nasce para amar e ser amada como vc, arrastar multidoes a revelar seu coraçao, deixar filas de apaixonados hehe

nao nasceu para viver só como estrelas e observando!

Eduardo Marculino disse...

parabèns....lindo blog e lindas palavras

Eduardo Marculino disse...

parabèns....lindo blog e lindas palavras

anareis disse...

Estou fazendo uma campanha de doações para criar uma minibiblioteca comunitaria na minha comunidade carente aqui no Rio de janeiro,preciso da ajuda de todos.Doações no Banco do Brasil agencia 3082-1 conta 9.799-3 Que DEUS abençõe todos nos.Meu e-mail asilvareis10@gmail.com

Viver é Bom ! ! ! disse...

Adorei seu blog.
Passei por aqui... e viajei nessas lindas palavras... !
Parabéns !
Quando der visite meu blog também :

Beijo !
Solange Maia

http://eucaliptosnajanela.blogspot.com

Viver é Bom ! ! ! disse...

Adorei seu blog.
Passei por aqui... e viajei nessas lindas palavras... !
Parabéns !
Quando der visite meu blog também :

Beijo !
Solange Maia

http://eucaliptosnajanela.blogspot.com

Bill Falcão disse...

Você demora, mas, quando vem, ARRASA!!
Bjoooooooooooooooo!!!!!!!!!!!!!!

Fernando Rozano disse...

belo e intenso e com a densidade da palavra que bem sabes. meu abraço.

Anne Scandell fadacom disse...

Sempre que passo aqui me identifico com sua palavras, e peço sua permissão para manter o teu endereço em meu cantinho. Então passei aqui para te indicar ao brinde que ganhei de uma fadinha amiga. bjao encantado

AMAZÔNIA INFORMA disse...

lindo poema e foto também.parabéns

€ster disse...

Olá,

Estou organizando uma Blogagem Coletiva cujo tema é "INCLUSÃO SOCIAL",para o próximo dia 09/03, fique à vontade para aceitar ou não o convite,

para saber mais sobre a blogagem acesse o meu blog ESTERANÇA e se quiser participar deixe um recado para que seja feita a confirmação.


abraço,

entremares disse...

Porque será que, de vez em quando, todos sentimos ser invisíveis ?



Primeira visita ao seu blog... mas gostei.
Continue...

Janaina disse...

Tem um selinho pra você no meu blog.
Beijos!!

Desnuda disse...

Beleza de texto, como sempre, amiga!



Vim te deixar uma rosa querida!


. . . . .♥♥♥.♥. .♥♥♥. . .♥♥
. . . . . ♥♥♥♥. . . ♥♥♥ . . .♥♥♥
. . . . .♥♥♥♥♥ . . ♥♥♥♥.♥♥ .♥♥
. . . . ♥♥♥♥. . . . ♥♥♥♥. . . ♥♥
. . . ♥♥♥♥♥♥♥. . . . .♥♥. . . ♥♥
. . . ♥♥♥♥♥♥♥♥. . . . ♥♥. . ♥♥
. . . ♥♥♥♥♥♥♥♥♥ . . ♥♥. . ♥♥
. . . . ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥ ♥.♥♥
♥♥. . . . .♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥.♥♥
♥♥♥♥♥ . . . . . ♥♥
♥♥♥♥♥♥♥. . . .♥♥
♥♥♥♥♥♥♥ . . ♥♥
.♥♥♥♥♥♥♥ . ♥♥
. .♥♥♥♥♥♥. ♥♥
. . .♥♥♥♥♥♥♥
. . . . . . .♥♥
. . . . . . ♥♥
. . . . . .♥♥
. . . . .♥♥
. . . . . ♥♥
. . . . . ♥♥´´´´´´´´´´´


Beijoooooooo!

SAM disse...

Outra rosa!


. . . . .♥♥♥.♥. .♥♥♥. . .♥♥
. . . . . ♥♥♥♥. . . ♥♥♥ . . .♥♥♥
. . . . .♥♥♥♥♥ . . ♥♥♥♥.♥♥ .♥♥
. . . . ♥♥♥♥. . . . ♥♥♥♥. . . ♥♥
. . . ♥♥♥♥♥♥♥. . . . .♥♥. . . ♥♥
. . . ♥♥♥♥♥♥♥♥. . . . ♥♥. . ♥♥
. . . ♥♥♥♥♥♥♥♥♥ . . ♥♥. . ♥♥
. . . . ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥ ♥.♥♥
♥♥. . . . .♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥.♥♥
♥♥♥♥♥ . . . . . ♥♥
♥♥♥♥♥♥♥. . . .♥♥
♥♥♥♥♥♥♥ . . ♥♥
.♥♥♥♥♥♥♥ . ♥♥
. .♥♥♥♥♥♥. ♥♥
. . .♥♥♥♥♥♥♥
. . . . . . .♥♥
. . . . . . ♥♥
. . . . . .♥♥
. . . . .♥♥
. . . . . ♥♥
. . . . . ♥♥´´´´´´´´´´´


Voce merece todas, querida.

Maria disse...

Oi Ana Lua- através do Anderson, tomei a liberdade de deixar aqui meu comentario-
... Assim como lua nova quase invisivel aos nossos olhos de insignificantes humanos mas, quão perto das estrelas!!!!! assim também o amor, silenciado na boca mas que grita e arde no coração.
Lindoooo poema.

Anne Scandell fadacom disse...

Querida fadinha para levar o selinho à você oferecido é o seguinte: salve a imagem do selo no seu computador, e ao postar as regras na postagem você salve a imagem que ta no pc. Qualquer mande um email pra mim. XEro encantado de uma fadinha que te admira muito.

Saldanha disse...

Oi,
Sabe ser sozinho ou invisível acredito que seja uma experiência que qualquer ser humano já passou ou passará um dia.
Agora, que se encontra consigo e consequentemente com Deus, jamais será sozinho, pelo contrário, será precioso.
Paz e Bem,