6 de nov de 2007

LUNAR

Te procuro em minha Lua Crescente
Donzela em busca do Jardineiro
Prepare a terra virgem do meu coração
Arranque todas as ervas daninhas da inocência
Plante na minha alma as sementes da mulher que serei
Cuide-me. Vicejarei

Te procuro em minha Lua Cheia
Mãe e Amante em busca do Rei Guerreiro
Serei tua rainha e súdita
Esplêndida e entronizada
Destemida nas batalhas
Fértil, lhe gero filhos.

Te procuro em minha Lua Minguante
Sábia anciã em busca do Mago
E nessa alquimia
que funde minha alma e a tua
num só elemento
revelo o Mistério.

Te encontro em minha Lua Nova
E mudo as marés.
-Fabiane Ponte-

11 comentários:

Bill Falcão disse...

Todas as fases da Lua brilhantemente retratadas pela alma de AnaLua! Um poema lunaticamente lindo! Dar parabéns é pouco!!
Continue mudando as marés, pois você pode TUDO!
Link já tá lá. E um grande bjooooooooooooooooooooooo!!!!!!!!!!

Pedro Monteiro disse...

OI ANA!
Muito obrigado pelo elogio e pela visita ao meu blog !

Um abraço!

PH

Lívia Russo disse...

Menina...eu que sou maluca pelos seus textos....eu nunca vou ter a capacidade de ser poética desse jeito!!
tudo tão lindo!!e que vc procure o que acha...e que a procura seja tão boa quando a achada!!
:}}

beijos querida!!
:*
:*
:*

Giovana disse...

Lindo, amore.
Também quero mudar as marés!!
Bjão, linda

Ana D disse...

Tão enigmático e transcendental essas palavras...Viajei..rs

O Profeta disse...

Um valsa da lua dançada em sublime poesia...


Doce beijo

Johnnatan disse...

que bonito...!!

muito mesmo!

kakauzinha disse...

Querida Analua,

Vim retribuir-te a visita com todo o prazer e satisfação pois encontrei aqui uma verdadeira poetisa, sensível, conhecedora, com uma delicadeza de alma muito grande.

Amei este bocadinho, obrigada por este momento de ternura.

Um beijinho grande, voltarei.******

Kika disse...

As mulheres não são de Vênus.. são da Lua mesmo!

Mais uma vez, adorei e salvei.. rs!

Bjão querida!

* hemisfério norte disse...

Obrigada pelas suas palavras tãos gentis. :) vc exagerou rsrs
Parabéns pelo seu blog.
Vou voltar numa noite com ou sem lua. :)
bjs de Portugal
a.

Alma de Poesia disse...

Analua,... que lindo esse poema.
Uma festa de imagens brilhantes...
Parabéns, menina! Beijinhos