27 de set de 2008

De Vagar


O tempo
Caprichosamente
revela-se a mim
segundos plenos de eternidade
O tempo da fragrância
O olhar de relance
A vida
Teimosamente
revela-se a mim
Plenitude para espaços vazios
Intensidade para águas rasas
Eu
Resignadamente
acolho
Viver
o brevemente
Desejar
o eternamente
-Fabiane Ponte-

32 comentários:

Bill Falcão disse...

Maravilha isso:
"Viver
o brevemente
Desejar
o eternamente"

Obrigado e um bjoooooooo!!!!!!!

instantes e momentos disse...

muito bom teu blog, parabens, muito bom.
Maurizio

Ita Andrade disse...

Guardei vc nos favoritos para não lhe perder. quando a minha tempestade passar,( pois sempre que choveu, parou) eu venho aqui sorver dessa fonte, que num primeiro gole ja reconheço a agua pura. Obrigada pelo carinho, muito obrigada!

Desnuda disse...

Lindo, Fabiane

O tempo tem seus caprichos, revela-se insistentemente preenchendo os vazios, com aprendizados que devemos acolher resignadamente tanto a efemeridade como os desejos da eternidade - a vida!


Grande beijo amiga linda

ROSA E OLIVIER disse...

Eu...resignadamente!...Lindo!...e para ti...

"te amo em silencio
e só o silencio sabe."

baci mille.

Anderson Meireles disse...

"...segundos plenos de eternidade...
me demorei aqui, pouco mais que isso,
abraço!

Ígor Andrade disse...

"Plenitude para espaços vazios
Intensidade para águas rasas"

Eu gosto da teimosia da vida!

Abração!

Colibri disse...

Lindo... lindo...

Um instante sentido
vivido com intensidade
pode ser vivido
durante uma eternidade

Adorei o teu poema...

O meu último começa a assim:

Quando o amor é mais forte
Que a pressão dos incrédulos
Daqueles semeadores da má sorte
Com seus actos de resultados mortos

Vem dar uma olhadela quando puderes...

Carinhosamente
Colibri

Clarissa Barth disse...

Gostei demais!
(A gente precisa fazer alguns acordos com o Tempo, não? Ah...)
Um beijo!

CD disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fernando Rozano disse...

instigante e denso. leio e releio com imenso prazer. belo poema. meu abraço.

Colibri disse...

Olá amiga,

Passei para te deixar um beijinho, com todo o carinho.

Não sendo o mais importante a duração de um momento, o mais importante é que este seja vivido em plenitude... pois é isso que a vida exige de nós... vivermos em plenitude...

Colibri

ps: Últimas novidades lá nos meus cantinhos…
Pontes para o futuro... (Blog Traços de Angola)
Quando o amor é mais forte... (Blog Colibrir as Emoções)

SAM disse...

Relendo esta beleza poética, amiga! Escreves com estilo inigualável!


Grande beijo, querida

Saldanha disse...

Parabéns pelo poema...muito belo!!!

A vida é breve ou eterna, tudo depende de nossa referência de tempo...

Abraço,

Saldanha disse...

Fiu sim. Tb fui para Canada 2002 com JP II, simplesmente minha melhor experiência de vida!!!!
Abração e aproveita a visita a terra da padroeira da América Latina!!!
Paz e Bem,

Ana D disse...

Linhas completas de palavras repletas de sentido...Tão bom ler...

Janaina Staciarini disse...

Mas sabe... desejar o eternamente.
Desejo.
É muito bom te ler...

renata disse...

lindo, lindo.. =)
bjs. boa semana!

Clarissa Barth disse...

Ah, voltei prá dizer que fiquei contente em te receber na minha cozinha! Obrigada pelo elogio à nova "decoração"... achei mesmo que tu seria uma das poucas visitantes que apreciaria meu post sobre Perséfone, mulheres de lua têm tudo a ver com ela, não é? E, neste equinócio de Primavera, colhi flores de romã que encontrei em um passeio - acredite se quiser - e elas enfeitaram meu ritual. Um beijo!

Carnaval, Biazinha disse...

gostei muitode seu blog!
parabens!!
comeceio meu agora...
achei showww o seu..
beatriz,,sao paulo

Zé Carlos disse...

Olá Fabiane, parabéns pelo blog tão lindo e pelos seus escritos.
Qdo puder venha tomar um cafezinho com a gente.
Bjs do ZC

Janaina Staciarini disse...

Cadê a AnaLua?

FINA FLOR disse...

querida, que nome mais liiiiindo esse seu, amei.

uma ótima semana para você

beijos

MM.

>>> obrigada pela visita, volte sempre que quiser

Estava Perdida no Mar disse...

E a gente deseja calmamente (E contrói) o eternamente.
Beijos

FINA FLOR disse...

boa semana para vocÊ, querida :o)

beijocas

MM.

Alexandre Gil disse...

Li todo o livro confissoes de Santo Agostinho. Sinceramente quase todo o livro é mto chato, mas a melhor parte é o trecho q ele fala do tempo intemporal. Deixo a sugestao.
bjo e t cuida

Oliver Pickwick disse...

Tão expressivo como intensidade de águas rasas.
A propósito, também o intervalo entre as suas postagens vão nesta onda, de vagar ;)
Um beijo!

lena casas novas disse...

Oi amiga lua. Saudades!

Janaina Staciarini disse...

De novo vim saber ... onde anda você?

SAM disse...

Amiga linda,



Que o ciclo renovador das divinas energias traga em profusão grandes bençãos para você. Todo o bem do mundo é o que te desejo. Parabéns!


Beijos com especial carinho!

Betsy disse...

Oii..
Eu tbm sou de Curitiba...
seu blog e mto bom
oq acha de fazer ua troca de links?
se quiser, deixe um comentário no meu blog falando se aceita:
http://blogdabetsy.blogspot.com

Bruno Sanches disse...

Olá, gostei muito de seu blog. Eu o conheci através do blog Gritos Verticais, do André Luis.

Vamos fazer uma troca de links? Meu blog:

Frases
http://www.estrategista.com/

Aguardo seu contato.

Um abraço;
Bruno Sanches