25 de nov de 2008

Nuvens sempre querem encobrir o sol.
Não fosse assim não seriam nuvens.
Porque só chover já não basta.
É preciso cobrir o sol.
Roubar a luz.
Nuvens são falsas
Por trás de toda aquela fofura e brancura
Escondem partículas de gelo.
Adotam formas diversas.
Nuvens são volúveis,
Sempre levadas pelo vento.
Encombrem céu azul e sonhos,
Luz do sol e do luar
Transmutam toda cor em cinza
Trancam-me em casa. Trancam-me em mim.
*Há pessoas que, à primeira vista, pareceram-me fofas nuvens em lindo céu azul. Perdi horas vislumbrando qual forma tinham. Então revelaram o que escondiam: Chuva. Tempestade. Mas dissiparam-se. Volto a brilhar.


-Fabiane Ponte-

8 de nov de 2008

Milagre

Promessa de doces frutos

Maduros no tempo certo

Sinaliza o lento germinar das sementes

Trazidas pelo vento, de terras desconhecidas.

Enquanto as gesto,

Transformam-se

Primavera em Verão

Dor em Impulso

Ansiedade em Contemplação.

Água em Vinho

-Fabiane Ponte-